Conheça a qualidade e competência de nosso trabalho.

https://www.youtube.com/watch?v=yba5kyW6EEQ&feature=em-upload_owner

https://tribunademinas.com.br/especiais/carro-e-cia/15-02-2018/ar-condicionado-e-coisa-seria.html

Muita atenção com as oficinas que colocam a quantidade de fluido refrigerante utilizando os manômetros do manifold como referência. 

Vejam:

https://www.youtube.com/watch?v=3l5Jet2fArA

Quando trocar o Filtro Secador?

As funções do filtro secador são:

  • Reter impurezas sólidas decorrentes de desgaste dos componentes.

  • Manter reserva de gás para compensar as variações de rotação do motor, temperatura ambiente e quantidade de carga, garantindo assim um fluxo contínuo.

  • O filtro secador armazena o refrigerante para a válvula de expansão, conforme a necessidade da mesma.

  • Absorver umidade devido à presença de cristais higroscópicos, que absorvem água. Esses cristais retêm a umidade, evitando que a água venha a congelar, bloqueando o fluxo do gás. No sistema R-12 é usado como elemento dessecante à sílica-gel. Porém, para o R-134a é usado o Zeolito como elemento dessecante, devido à polaridade iônica do R-134a estar bem próxima à da água em função da presença do hidrogênio na sua molécula.

No filtro secador há um visor que permite a Inspeção e se pode verificar o estado do fluido refrigerante no circuito.
Visor límpido: Significa que o refrigerante esta completamente no estado líquido (normal).
Visor com bolhas: Significa que a carga do gás refrigerante é insuficiente ou esta ocorrendo dificuldade de condensação (um embasamento ou aparecimento de pequenas bolhas no início do funcionamento do sistema é normal).

Quando trocar o Filtro Secador:
Para saber a hora correta de trocar o filtro basta examinar as tubulações de entrada e saída do filtro. A temperatura deverá ser a mesma nos dois tubos; Tendo em vista que a função principal do filtro não é reduzir a temperatura do gás na linha de alta pressão, e sim fazer a filtragem do mesmo.

Portando é correto afirmar que a temperatura de entrada e saída do filtro é igual.

Se verificar grande diferença na temperatura de saída em relação com a temperatura de entrada isso indica que o filtro esta obstruído e esta ocorrendo a expansão do gás dentro do filtro.

Rolamentos das polias de compressores de ar condicionado automotivo.

As polias dos compressores giram em cima de rolamentos, esses rolamentos têm algumas características.

Geralmente são rolamentos de duas carreiras de esferas, com capacidade de suportar cargas radiais elevadas e pequena carga axial, possuem medidas que diferem dos padrões industriais e comerciais, não são rolamentos encontrados com muita facilidade no mercado. (se parecem com os rolamentos de ponta de eixo, mas não são de contato angular). São feitos com blindagem, vedações de elastômero (DDU ou 2RS), para evitar a entrada de umidade, suas gaiolas são de polímeros, que suportam temperaturas elevadas e proporciona baixo atrito, a folga geralmente classe C3 e não suportam batidas.

Eles já vêm com quantidade correta de graxa lubrificante de fábrica e não adianta retirar a blindagem, encher de graxa e remontar, quando apresentarem folga e ruído, eles devem ser substituídos!

Alguns modelos de compressores mais atuais começaram a utilizar rolamentos de apenas uma carreira de esferas, o que pode afetar a durabilidade em relação aos tradicionais rolamentos de duas carreiras de esferas.

 

 

Um dos problemas mais comuns de danificar o rolamento da polia do compressor esta relacionada á umidade. Em regiões do país onde há alagamentos, alguns veículos transitam por ruas alagadas, expondo o rolamento da polia do compressor direto á água. E em seguida esses rolamentos começam a produzir ruídos (“ronco metálico”), indicando a falta de lubrificação, corrosão e a deterioração de suas pistas e esferas.

Convém que o cliente, ao menor sinal de ruído, vá á oficina especializada, para a avaliação e se necessário a troca deste rolamento, sob pena de COMPROMETER TODO O COMPRESSOR. Um rolamento ruidoso pode travar e trancar a correia poly V, deixando o cliente “na rua”.

Uma das características deste rolamento danificado, é que o ligar o motor do carro o ruído já começa, mas ao acionar o ar condicionado, geralmente esse ruído pode a diminuir ou se alterar, (pois a folga axial do rolamento diminui com a aproximação do cubo de embreagem e o ruído tende a diminuir.)

Observação, se ao ligar o compressor o ruído começa, então o problema deve ser interno e pouco vai adiantar abrir o conjunto para tentar arrumar, neste caso geralmente é orçada a troca do compressor.

Podemos citar algumas conseqüências, por exemplo: danos á carcaça do compressor, danos á bobina, desgaste do cubo de embreagem e polia, comprometimento das vedações do compressor e danos á correia poly V. Esses problemas podem ocorrer todos juntos ou um ser sequela do outro, por isso requer uma boa avaliação de um especialista.

Essa história do cliente vir na oficina dizendo: “É só trocar o rolamentinho da polia....”, ou “Quero que troque apenas o rolamento”, etc...Cuidado! Quem deve definir o que deve ser trocado é o técnico, cabe ao cliente apenas autorizar ou não.

Se o cliente não der atenção ao ruído do rolamento e insista em continuar andando com o carro, isso pode ser fatal para o compressor, pois o rolamento pode trancar e o anel interno deste rolamento pode acabar “patinando” (girando) no alojamento da carcaça do compressor (pescoço), causando desgaste do conjunto (muito comum nos compressores CVC DELPHI e SCROLL da SANDEN).

Recomenda-se a troca desse rolamento a cada 70.000 Km.

CARROS PODEM EXPLODIR COM REFRIGERANTE CHINES.

 

Trabalhamos com o que a de melhor no mercado.
Utilizamos o melhor Fluido Refrigerante do mercado, Dupont, não há adulteração neste fluido.
Você pode perceber que o sistema de ar condicionado de seu veiculo quando ainda novo, funciona perfeitamente bem com uma eficiência surpreendente , isso sem que algum profissional tenha feito reparos em seu ar condicionado. Mas apos algum tipo de manutenção, você percebe que há uma diferença. Que já esfria como antigamente. Sabe o motivo? Pois é! Um dos motivos esta diretamente ligado ao fluido refrigerante de péssima qualidade.

COM O OBJETIVO DE REDUZIR CUSTOS E TENTAR "LUCRAR" MAIS, MUITOS REFRIGERISTAS ACABAM COMPRANDO FLUIDOS REFRIGERANTES DE PROCEDÊNCIA E COMPOSIÇÃO DUVIDOSA.

Fluidos sem qualidade, podem afetar o desemprenho do sistema, elevam a pressão da linha de alta, diminuem a vida útil do compressores, etc.

Tais Fluidos podem ainda conter em suas composições elementos qua podem causar corrosão nas peças metálicas, dilatação e ou deterização dos elastômeros, incompatibilidade com o óleo PAG, e o pior e mais perigoso, muitos são inflamáveis.

Temos acompanhado inúmeros casos de utilização de fluidos de qualidade duvidosa, que estão afetando equipamentos.

Qualidade do R-134a em xeque!

A qualidade do fluido refrigerante presente no sistema do ar condicionado de um veículo é um fator fundamental para possibilitar o bom funcionamento do mesmo. Porém, com a crescente oferta de novas marcas para o R-134a – principal fluido refrigerante para climatização automotiva - é justamente o fator qualidade que está em xeque.

Entre as diversas marcas oferecidas no mercado, foram detectados produtos que, apesar de comercializados como R-134a, são, na realidade, misturas contendo R-22, R-134a e hidrocarbonetos.

Além de ser considerado crime, a venda de um produto com uma rotulagem diferente à sua real composição pode trazer diversos prejuízos ao usuário, entre eles:

Danificação do sistema de climatização em função do fluido não atender à especificação de qualidade definidas na norma AHRI-700.
Esta norma indica os limites máximos permitidos de umidade, gases não condensáveis, entre outros fatores que podem comprometer os equipamentos de refrigeração.

Riscos de acidentes de trabalho. Uma vez que a composição do produto é desconhecida, torna-se difícil definir quais equipamentos de proteção devem ser utilizados. Quando o fluido contém hidrocarbonetos, por exemplo, é possível que seja inflamável (dependendo do percentual desse componente na mistura). Caso esta composição não seja declarada no rótulo, é pouco provável que os técnicos possam se precaver, utilizando as proteções necessárias em relação às características do produto.

Impossibilidade de prever o comportamento termodinâmico do produto, comprometendo a operação eficaz do sistema. Normalmente as relações termodinâmicas desses produtos, como a relação entre pressão e temperatura, são desconhecidas.

Danificação do sistema de climatização em função da incompatibilidade entre fluidos e materiais de construção dos equipamentos. Vale lembrar que o R-22, por exemplo, é incompatível com os elastômeros (borrachas) que constituem as vedações e mangueiras dos sistemas de ar condicionados automotivos. As reações causadas incluem o inchamento desses materiais, mudando suas propriedades, o que pode provocar vazamentos devido à má vedação do sistema.
Assim, fique atento! O fabricante do fluido refrigerante é quem deve se responsabilizar pela qualidade do mesmo, mas todos podem fazer a sua parte verificando a procedência e a qualidade do produto.

Essa atitude, com certeza, só trará benefícios para o setor.

CARROS PODEM EXPLODIR COM REFRIGERANTE CHINES.

https://www.noticiasautomotivas.com.br/coreia-do-sul-60-000-carros-podem-explodir-com-refrigerante-de-ar-condicionado-chines/

https://www.chemours.com/Refrigerants/pt_BR/news_events/news/ed20_alerta.html

NOSSOS TELEFONES

(32) 32123943

(32) 999624986 (Vivo) - (WhatsApp)

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sexta, das 08h00 às 18:00h.

Sábado de 8:00 as 12:00

VOLTE SEMPRE

Agradecemos a preferência e estamos sempre prontos para vós atender.

  • Facebook Social Icon
NOSSOS SERVIÇOS

- Manutenções preventivas, trocas de óleo, filtros lubrificantes;

- Mecânica em Geral;

- Reparos elétricos em geral;

- Revisões elétrica;

- Eletrônica Embarcada;

- Disgnóstico por Scanner;

- Codificação de Chaves;

- Baterias;

- Instalação de acessórios;

- Ar condicionado, troca de filtro     secador, filtro de cabine;

- Manutenção corretiva e preventiva do sistema de ar condicionado, Substituição do rolamento e do filtro secador sem perda de fluido refrigerante.

- Diagnósticos Computadorizados e Regulagens;

- Limpeza e teste de Bicos Injetores;

- Reparo em alternadores e motores de partida de todas as marcas e modelos 12v e 24v;

- Reparação em retrovisores elétricos;

ENCONTRE-NOS

Estamos localizados na: 

Rua Duque de Caxias, 130 - Poço Rico - Juiz de Fora - MG

(Perto da Secretaria de Obras da Prefeitura).                                                       

                                ** TAXAS A VERIFICAR

                   ****  VERIFICAR SEU VEÍCULO 

                                 

© 2016 Centro Automotivo